“A raposa segue a estrela”, um teatro de sombras na biblioteca para crianças da Pré-Primária

O entusiasmo das crianças era palpável assim que entravam na sala escura e viam o palco iluminado.
Depois foi altura de levantar a cortina.
O jogo mágico de luz e sombra hipnotizou imediatamente os jovens visitantes. Nesta história tocante, uma pequena raposa aprende como é maravilhoso ouvir o seu coração. O ambiente de conto de fadas da viagem foi acompanhado pela música terna de Carl Orff. No final, as crianças puderam conhecer os “marionetistas” e fazer perguntas. Inspiradas pelo espetáculo, as crianças quiseram fazer teatro elas próprias. Este projeto da Biblioteca Pequena contou com o apoio de pessoas de diferentes áreas da comunidade escolar, o que o tornou ainda mais especial.

Edição da história: Carla Santos e Sofia Costa Schneider.
Narradora: Anaïs Bruesch (estagiária do Liceu)
Marionetistas: Josefine (aluna do 6º ano), Sophia (estagiária do jardim de infância), Liz Reitter (estagiária no Arquivo da Escola), Mariana Silveira (biblioteca)


Evento sobre o tema “Sturm und Drang e o Classicismo de Weimar: desejos e ideais”

Na segunda-feira, 26 de fevereiro, ao fim da tarde, terá lugar no auditório um evento organizado pelos alunos e alunas do 11º ano.

Há várias semanas que os alunos trabalham em projetos sobre o tema “Sturm und Drang e o Classicismo de Weimar: desejos e ideais” no âmbito das suas aulas de alemão. Alguns destes projetos decorrem em todas as turmas, de forma transversal.

A preparação deste evento e de todas as suas componentes decorrem no âmbito de um projeto de investigação da LMU de Munique sobre “Deeper Learning”, na qual a Escola e os nossos alunos estão envolvidos.

Esta sessão será o ponto alto do projeto, durante o qual serão apresentados todos os seus produtos.

Toda a comunidade escolar e todos os interessados são bem-vindos.

Bildunterschrift: Os convites e posters são também da autoria dos alunos e alunas do 11º ano.

 

 


Final do Jugend forscht IBERIA 2024

Os/as nossos/as jovens cientistas do concurso regional Jugend forscht IBERIA têm hoje um dia muito importante e emocionante pela frente: apresentaram os seus projetos científicos a um júri especializado de alto nível durante a manhã. Após a apresentação, os membros do júri fizeram algumas perguntas aos/às alunos/as sobre os respetivos projetos. O júri avalia o tema, a elaboração e os resultados de cada projeto com base no trabalho escrito, na apresentação oral e na conceção do stand do projeto. O foco é colocado na pertinência e na clareza da questão de investigação, bem como nos métodos de investigação escolhidos e na abordagem científica, como a formulação de uma hipótese, que deve depois ser esclarecida.

Os/as vencedores/as deste ano serão homenageados hoje às 19 horas, durante a cerimónia festiva. A emoção continua!

 

81 jovens cientistas de 10 escolas alemãs no estrangeiro da Península Ibérica participam neste célebre concurso e apresentam 46 projetos das disciplinas STEM nos seus stands. Os/as jovens cientistas têm o prazer de mostrar as ideias criativas, com que querem enriquecer e melhorar o mundo. Os projetos dos/as nossos/as alunos/as, como a “caneta de arroz” de David Kahle, Ivan Epifanov e Carlotta Santos ou o “aquecedor Tupperware” de David Kahle e João Costa deixam miúdos e graúdos surpreendidos. Mas os projetos científicos das outras escolas, como o “biodetergente de hera”, são também estimulantes.

CIB é um dos patrocinadores da MINT na EAL, com o qual estamos mais do que satisfeitos, e o principal patrocinador do concurso “Jugend forscht IBERIA”. Mais aqui.


Visita à “Autoeuropa” na aula de Geografia

No dia 8 de fevereiro os/as alunos/as de Geografia do 12º ano visitaram a fábrica da VW Autoeuropa em Palmela. Puderam vivenciar em exclusivo como é realizado um Volkswagen T-Roc nas diversas áreas de produção. Numa sessão final de perguntas e respostas, os/as participantes puderam também aprofundar os conhecimentos adquiridos nas aulas sobre os conceitos de produção e as formas de organização habitualmente utilizadas na indústria automóvel.

 

 


Aplicação Phidias

Para utilizar o Phidias, o nosso sistema de gestão escolar, de forma ainda mais eficiente no telemóvel, pode descarregar a aplicação Web Phidias.
Esta aplicação web pode ser descarregada diretamente para o ecrã inicial do seu dispositivo, permitindo um acesso mais rápido ao sistema.
A aplicação também permite a ativação de notificações push, para que esteja sempre informado sobre novas actualizações ou processos, mesmo que a aplicação não esteja aberta.

Para configurar a aplicação Web, é necessário iniciar sessão no Phidias no seu telemóvel através do seu navegador (dslissabon.phidias.es) e proceder da seguinte forma:

Para iOS: Pode agora selecionar “stay connected” através das Opções. Após carregar no do ícone de partilha, deve selecionar a opção “Ir para o ecrã inicial”.

Para Android: Pode agora selecionar “stay connected” através das opções. Em seguida, clique em “instalar”.

Para permitir notificações push, clique em “stay connected” na aplicação e seleccione “permitir notificações”.
A aplicação Web fica assim configurada no ecrã inicial e pode iniciar sessão como habitualmente através do Phidias.

Pode encontrar instruções mais detalhadas para configurar a aplicação Web no sistema operativo iOS e para Android aqui.


Estoril: projeto sobre caracóis na Pré-Primária

Após as férias de outono iniciámos um projeto emocionante sobre caracóis no grupo dos Dinossauros. Muitíssimos caracóis encontraram o seu caminho para a nossa “casa dos caracóis”. As crianças estavam entusiasmadas e procuravam caracóis no Jardim de Infância quase todos os dias ou traziam alguns de casa. Havia caracóis grandes e pequenos, caracóis de concha e lesmas.

Foi especialmente interessante observar de perto as diferenças entre as várias espécies de caracóis. Observámos atentamente as lesmas e falámos sobre as suas características. Descobrimos que os caracóis não conseguem ouvir. Aprendemos também onde se situa o rabo e a boca do caracol e que os caracóis preferem a sombra à luz e a humidade à secura.

Foi uma experiência espantosa quando um caracol rastejou sobre a lâmina duma faca afiada sem se magoar. Isso deixou-nos muito impressionados e espantados.

Também recebemos a visita da Matilda, o caracol, que nos ensinou e cantou uma canção do caracol sobre si e a sua casa. Também ouvimos e vimos o livro ilustrado “Ein neues Haus für Charlie”, que fala de um caracol à procura de uma nova casa.

As crianças foram também criativas e realizaram desenhos com colagem de caracóis. Puderam dar largas à sua imaginação e desenhar um caracol colorido com vários materiais.

O nosso projeto sobre caracóis foi um sucesso. As crianças mostraram-se entusiasmadas e aprenderam muito sobre caracóis. Descobriram a sua curiosidade e espírito de investigação e divertiram-se imenso com as várias atividades centradas nos caracóis.

 
 


Final escolar do concurso “Jugend debattiert”

Devem os testes ser substituídos por trabalhos de grupo? Será que precisamos duma disciplina “Felicidade” na EAL? Foram estas as questões colocadas pelos/as participantes na final do concurso “Jugend debattiert”, realizado a 9 de fevereiro na EAL.

Defender um ponto de vista e ouvir o outro é a ideia deste formato, cujos/as vencedores/as se qualificaram para participar no concurso ibérico. Este terá lugar de 5 a 8 de março em Sevilha.

Foram selecionados três participantes, pelo júri de professores/as e alunos/as, para representar a EAL em Sevilha.

 

 


Intercâmbio artístico Art Bridge em Tallinn

No âmbito do programa de intercâmbio artístico Art Bridge financiado pelo Erasmus+, nove alunas e alunos do 11º ano da EAL deslocaram-se a Tallinn no sábado para participar num workshop sobre “Criação de Video-Games”, juntamente com os/as seus/suas parceiros/as de intercâmbio. Nos últimos dias têm estado a trabalhar em Designs e Characters, que serão apresentados na escola parceira Tallinna Saksa Gümnaasium na sexta-feira. O grupo está atualmente a caminho de Helsínquia para explorar a cultura e a arquitetura locais.


Antiga aluna lança música e vídeo

A nossa antiga aluna Vera van Eyken lançou a sua primeira música autoproduzida “L” e nós estamos muito orgulhosos dela e do seu caminho percorrido até agora.

Até realizar o Abitur em 2020, a Vera teve na EAL muitas oportunidades de se envolver com a música.

Desde o 7º ano fez parte da banda escolar e, mais tarde, também da AG de Tecnologia e Multimédia. Ambos os responsáveis da AG, Vítor Machado e David Hinrichs, são “ainda hoje mentores muito próximos e importantes” para a jovem música, salienta. Graças a eles, adquiriu conhecimentos fundamentais e ganhou experiência, que lhe permitiram iniciar o seu percurso.

Após o Abitur a Vera formou-se como produtora musical em Lisboa durante um ano, tendo a seguir se mudado para Barcelona, para estudar durante mais dois anos. Atualmente está a concluir a sua licenciatura em Produção Musical em Southampton.

A sua canção “L” foi gravada em Barcelona juntamente com um amigo também produtor. O videoclip no YouTube foi realizado por outro antigo aluno da EAL, Miguel Cravo.

O Miguel também fazia parte da AG de Tecnologia e Multimédia, quando andava na escola e, embora os dois não tenham estado na AG ao mesmo tempo, acabaram por se conhecer mais tarde. “Estou muito orgulhosa por o Miguel ter participado neste projeto”, diz Vera. Desejamos à Vera e ao Miguel a continuação de alegria e sucesso nos seus projetos artísticos!

 


Anúncio: Evento “Em Memória“

No dia 29 de fevereiro às 19h irá realizar-se o evento “Em Memória” no auditório da EAL.

Numa conversa entre o escritor Christoph Heubner e a historiadora Irene Pimentel serão analisadas histórias e tradições do tempo da Segunda Guerra Mundial. O diálogo histórico-literário será acompanhado e tematizado musicalmente pelo Trio to Remember.

A entrada é livre.

Envie a sua inscrição para: schulleitung@dslissabon.com


Auszeichnungen