Liceu

PORGMUN

Entre os dias 18 e 21 de Março a AG Model United Nations – Advanced participou na conferência online PORGMUN organizada por Praga.
A realização exclusivamente digital da conferência não impediu a participação empenhada dos nossos alunos: para além das duas posições de chair, já anteriormente noticiadas, dois dos participantes da EAL sido distinguidos como best delegates. Os nossos parabéns a todos!

Reunimos abaixo alguns testemunhos:

“ Eu fiz parte do Comité do Desarmamento e da Segurança Internacional no qual representei a Alemanha. Os tópicos discutidos no meu comité, drones militares e guerras civis, foram muito interessantes.
Para além disso fiquei a conhecer pessoas de outros países que partilhavam os mesmos interesses que eu. Como é normal nestas coisas, estávamos todos bastante nervosos, mas todos os delegados eram muito simpáticos. As duas raparigas que estavam no papel de Chair eram muito engraçadas e foram muito pacientes connosco.
Em geral foi uma experiência diferente dos MUNs presenciais, mas não deixou de ser muito especial para todos os participantes. “
L.P. 11º ano

“Entre vários comités que lidavam com os mais variados casos sobre o mundo, eu fiquei, juntamente com o meu colega N.E., no ICJ – International Court of Justice.
Durante os dois dias de debate lidámos com três casos diferentes juntamente com os nossos pares, formando assim equipas/ parcerias de dois advogados ou juízes. Tive o prazer de ter como meu parceiro o M.V.G., residente em Praga e estudante de liceu no décimo ano. Formámos uma equipa muito produtiva, eficaz e, acima de tudo, divertida! Estivemos em sintonia quando se tratou de sermos os juízes num caso de Armas Autónomas Letais e formámos uma equipa imbatível nos outros dois casos sobre Proteção Diplomática e sobre a Lei dos Tratados, em que fomos advogados.
Apesar da distância não ter sido de todo insignificante, fomos capazes de trabalhar em conjunto da melhor maneira que conseguimos, através das plataformas online que tínhamos à nossa disposição – e posso dizer, com toda a segurança, que correu muito bem!
O ambiente conjunto do comité, formado por mais outros cinco delegados e três Chairs, foi muito agradável e divertido. Apesar de termos dado o nosso melhor nas discussões, que muitas vezes se tornaram sérias e algo competitivas, nunca ninguém levou nada a mal, pelo contrário – fomos um comité muito produtivo porque nos ajudámos uns aos outros, através dos debates, com argumentos fortes e desafiantes, que nos levaram a dar o nosso melhor em todos os momentos de debate e de pesquisa.
Foram quatro dias exaustivos e um tanto stressantes, não só pela conferência, pelos debates e pela pesquisa, mas também pelo facto de ter sido online e de termos passado um total de seis horas por dia em frente ao computador nos dois dias de debate. Ainda assim, posso dizer, com toda a certeza, que foi uma experiência inesquecível e que guardarei para sempre comigo, porque apesar de não ter sido um evento presencial, foi-me possível fazer parte de debates extremamente interessantes, conhecer pessoas novas, fazer novas amizades e fazer parte de um evento tão especial e importante como este que é o PORGMUN!”
B.M.M., 11º ano

“De diversos comités à minha escolha, decidi participar na Conferência de Berlim de 1885, um comité histórico, onde pudemos colocar-nos no papel de embaixadores das grandes potências europeias do século 19, para debater o futuro do continente africano e das suas colónias.
Tendo sido embaixador da Grã-Bretanha, eu pude experienciar o que é ser a maior potência industrial, económica e militar da Europa, o que me proporcionou uma perspetiva diferente em relação à influência que um país pode ter sobre outros através do medo do seu poder económico e militar. Além disso achei especialmente interessante observar e aprender sobre a proeminência do racismo no século 19, já que um dos objetivos centrais de conferência de Berlim era promover a abolição da escravatura. Tendo em conta o papel grande que o combate ao racismo adquiriu na nossa sociedade, foi interessante ver a forma como o racismo e a escravatura eram comuns naquela época e como o combate ao mesmo era usado como plataforma política por potências Europeias atingirem os seus próprios objetivos.
Como em todas as conferencias de MUN, além de poder conhecer pessoas de todo o mundo e conhecer um pouco da sua cultura, a melhor parte é sempre aprender sobre tópicos atuais e importantes de uma forma original e poder debatê-los de forma a promover o pensamento crítico e tentar fazer a diferença no mundo.”
T.A., 11º ano

“De dia 18 a 21 de Março, o grupo da AG do MUN esteve presente na conferência do PORGMUN. Nós, L. e B., estivemos a presidir, respetivamente, aos comités da Berlin Conference e Economic and Social Council.
O comité da Berlin Conference tinha procedimentos diferentes daqueles a que estava habituada, no entanto, consegui comunicar com todos os delegados de igual forma, adaptar-me corretamente à plataforma na qual a conferência decorreu e ser responsável pelos debates frutíferos que na mesma ocorreram. Gostei muito da experiência, nunca me irei esquecer destes quatro dias e foi uma ótima maneira de terminar o meu caminho nesta AG. (L.)
O comité do Economic and Social Council abordou temáticas muito interessantes sobre a ajuda humanitária entre países e a cooperação necessária para combater a poluição de resíduos perigosos, entre outros. Apesar de ter sido a minha primeira vez a presidir a um comité desta magnitude, foi sem dúvida uma oportunidade muito enriquecedora a nível pessoal. Estava um pouco reticente antes do começo da conferência, devido ao facto da mesma ser on-line e, por este motivo, o contacto com outros delegados ser dificultado; contudo, tudo correu de forma natural e expectável. Fico muito grata por esta oportunidade e sinto-me muito feliz por terminar o meu percurso na AG do MUN desta maneira. (B.)
Obrigada!”

L.B. e B.G., 11º ano

 

Publicado em 05 Abr 2021
Imprimir