Gymnasium

“Das Monokel”: A Comissária Anti-Racismo – Quem é ela?

Estamos no século XXI e infelizmente milhões de pessoas continuam a lutar contra o racismo. São discriminados e atacados por causa de certas características externas. O novo governo alemão deu agora o primeiro passo para um futuro de luta contra o racismo.

Reem Alabali-Radovan do SPD é a filha de pais iraquianos e foi nomeada comissária anti-racismo do Bundestag há pouco tempo. Este gabinete não existia antes. Foi recentemente acordado pelo SPD, pelo FDP e pelos Verdes no acordo da coligação.

Apesar de só ter 31 anos, a Alabali-Radovan teve uma carreira de espantoso sucesso, incluindo um mandato de eleição direta no Bundestag no ano passado e o cargo de Ministra de Integração.

O Comissário tenciona introduzir um Plano de Acção Nacional contra o Racismo, que proporcionará apoio e refúgio às pessoas afectadas pelo racismo.

Algumas das ideias que se destacam neste plano são, por um lado, a criação de um centro de aconselhamento e por outro lado, a publicação de projectos de prevenção, educação política e investigação.

Em geral, a abordagem da comissária é elogiada pelos seus colegas. Até agora, não foram feitas quaisquer críticas à sua pessoa.

A citação que fala mais fortemente a favor do trabalho de Alabali-Radovan é: “O racismo é um crime contra a humanidade”.

Só posso fazer eco desta citação e fazer um apelo a todos os que lerem este artigo: eduquem-se sobre o racismo e tenham a coragem de abordar aqueles que não têm em conta a gravidade da situação.

Na minha opinião, também deveria haver um comissário do racismo no seio do governo português, uma vez que o racismo ainda é, infelizmente, um problema grave em Portugal, que está definitivamente ligado ao passado colonial do país, entre outras coisas.

 

Cleo Tartin, turma 10

 

 

Publicado em 08 Jun 2022
Imprimir
Auszeichnungen